A APEC Aliança Pró Evangelização das Crianças no Brasil e no mundo


clique no campo para conferir endereços, departamentos, informações para contatos, cursos e eventos.

APEC Nacional

APEC em todo o Brasil


APEC – a missão da JANELA 0 X 14

Para a Aliança Pró Evangelização das Crianças (APEC), é motivo de grande alegria quando crentes individualmente, igrejas e organizações percebam as crianças e os adolescentes como um campo missionário.

Em 1937, Deus levantou o ministério da APEC em Chicago, através do Pr. Jessé Overholtzer, que visitou o Brasil e teve a alegria de abrir o trabalho em nosso país em 1941.  O Brasil foi o primeiro campo da APEC no exterior. Em seguida a obra missionária da APEC avançou chegando hoje a 176 países.

O alvo de nossa missão é chegar em 2017 (quando completará 80 anos) a todas as nações do mundo, conforme reconhecidas pela ONU. O nosso slogan é “EM TODO O MUNDO EM 80 ANOS”.

A APEC do Brasil tem cooperado neste avanço, atuando nos países africanos de fala portuguesa, cooperando com vários países de fala espanhola na América Latina e mais recentemente em inúmeras nações que compõe a chamada Janela 10 x 40.

Claro que existem milhares de outras tribos, línguas e povos, como é o caso das mais de 300 tribos só no Brasil. Aqui no Brasil, completamos 70 anos agora, em 2011, e continuaremos empenhados em alcançar todas as crianças em todos os contextos e avançaremos também para alcançar as crianças indígenas para Cristo.

O trabalho da APEC é essencialmente o da evangelização das crianças, levando-as depois ao crescimento (discipulado), integrando-as em igrejas genuinamente evangélicas, fiéis a sã doutrina e envolvendo-as no serviço do Senhor.

Lionel Hunt, num livro publicado pela Moody Press, registrou uma pesquisa que demonstra de uma forma inequívoca, qual a melhor idade para a evangelização e a conversão:

         Antes dos 4 anos          –        1 %

         Dos 4 aos 14 anos         –        85 %

         Dos 14 aos 30 anos       –        10 %

         Após 30 anos               –        4 %

O fato é que as crianças são importantes para Deus. Elas têm uma alma imortal e uma vida inteira pela frente. Elas ouvem e atendem á mensagem do Evangelho mais prontamente do que qualquer outro grupo de pessoas.

Georg W. Truet, ao entrevistar 1.200 crentes, constatou que 96 % destes recebeu a Cristo antes dos 21 anos.

A Divisão de Pesquisa de Educação Cristã de uma grande editora evangélica entrevistou 1.417 professores de 116 igrejas e constatou que a maioria das decisões, por Cristo, ocorrem nas classes de crianças.

O fato é que se uma pessoa não receber a Cristo quando criança, dificilmente o fará na idade adulta.

George Barna em seu livro “Transformando seu filho num campeão” publicado no Brasil pela Editora Naós, afirma que “Se uma criança não receber Jesus Cristo como Salvador até  aos  14 anos, há só 4% de chance de fazê-lo entre 14 e 18 anos e  6% de chance de que ocorra no restante de sua vida.”

Considerando que os crentes são a luz do mundo e o sal da terra, uma bênção para toda a sociedade, e que pelo menos 85 % deles se tornaram crentes antes dos 15 anos de idade, chegaremos a conclusão que devemos evangelizar com mais intensidade e sabedoria as crianças de hoje. O grande desafio é exatamente esta JANELA 0 X 14!

Muitos líderes evangélicos têm afirmado que o evangelismo de crianças é frutífero:

D. L. Moody disse: “Eu creio que, se as crianças têm idade suficiente para vir à Escola Dominical, elas têm idade suficiente para vir ao Calvário. Vamos abrir nossas mentes e que Deus nos ajude a ganhar as crianças para Cristo”.

C. H. Spurgeon afirmou: “Geralmente tenho encontrado um conhecimento mais claro do Evangelho e um amor mais fervoroso a Cristo na criança convertida do que no adulto convertido. Elas não precisam abandonar a incredulidade e as noções erradas que impedem tantos de aceitar o Evangelho”. E ainda acrescentou: “Uma criança de cinco anos, devidamente instruída, pode verdadeiramente crer e ser regenerada tanto quanto um adulto”.

Pr. Arthur Gonçalves escreveu: “As maiores vítimas dos males da nossa sociedade estão sendo as crianças. É das crianças que vêm os mais angustiantes apelos. Para construirmos um mundo melhor, concentremos nossos esforços nas crianças. Para expandirmos o reino de Deus, demos prioridade à evangelização das crianças”.

Durante o 2º Congresso Nacional da APEC da Argentina, realizado em 1999, o Pr. Samuel Libert, um dos oradores, assim se expressou: “As crianças são as mensagens viventes que mandaremos para uma época futura, na qual não estaremos”.

Que tipo de mensagens enviaremos para as décadas futuras? Será que as crianças que alcançamos hoje para Cristo serão os homens que amanhã anunciarão o precioso Evangelho às futuras gerações? Que mensagens vivas estaremos enviando? Serão mensagens de ódio ou de amor? Da mentira ou da verdade? De pecado ou de santidade?

Evangelizemos já, o homem de amanhã!

A APEC trabalha em três áreas distintas: produção de literatura, treinamento de obreiros e realização de projetos e múltiplos ministérios para o alcance das crianças. Como temos materiais e treinamento desde o berçário chamamos a nossa missão de a Missão da Janela 0 x 14.

Cooperar com igrejas e missões para que tenham está mesma visão e que estejam dispostos a investir para que as crianças, ainda crianças, sejam conduzidas à Cristo e venham ao novo nascimento é a nossa maior alegria.

O certo também é que uma criança ganha para Cristo representa uma vida inteira para servir ao Senhor. Como é estratégico formar agora uma geração, que a APEC está chamado de GERAÇÃO DE TIMÓTEOS, “que desde a infância sabes as sagradas letras que podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus“(2 Timóteo 3:15).

 

A APEC coloca-se à disposição e deseja que Deus abençoe de maneira maravilhosa os crentes individualmente, as igrejas e as organizações que desejam investir no maior campo missionário do mundo, hoje em dia – a janela 0 x 14!

A Aliança Pró Evangelização das Crianças (APEC) é a obra missionária da JANELA 0 X 14 e com a sua ajuda continuará na busca das crianças perdidas tal qual o pastor que tinha cem ovelhas e vendo que uma se havia extraviado, deixa nos montes as noventa e nove, indo procurar a que se extraviou, ciente das palavras de Jesus, quando contou esta história: que não é da vontade do Pai celeste que pereça um só pequenino. (Veja Mateus 18:12-14).

Quando Pedro respondeu afirmativamente à pergunta de Jesus: “Tu me amas?” recebeu em seguida a seguinte ordem: “Apascenta os meus cordeirinhos!” Que desafio pastorear cordeiros e também as ovelhas!

Conheça o Departamento de Literatura da APEC e Invista em boa literatura para o ministério entre as suas crianças. As crianças precisam mais do que simplesmente professores, precisam de pastores. E os que trabalham com as crianças precisam de literatura que reúna criatividade com conteúdo.

Conheça também a Revista “O EVANGELISTA DE CRIANÇAS” que é publicada trimestralmente desde 1954. Para fazer a assinatura acesse aqui: revista da APEC.

Visite a Loja Virtual da APEC para conhecer e adquirir a literatura da APEC: http://www.apec.net.br/

Na área de Educação a APEC oferece varias modalidades de treinamento, sempre com excelência: Curso Introdutivo à convite das igrejas; Curso Especial em finais de semana; Curso com uma aula semanal, ao longo do ano, oTIMI; Curso com duas aulas semanais, ao longo do ano, o CEDIC; o Curso Superior da APEC, o ILMC, um intensivo com três meses de duração; e outros mais.

Conheça um pouco mais sobre o Programa de Educação da APEC, acessando DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO.

Na área de Ministérios com Crianças, a APEC oferece orientação para os mais diversos ministérios com crianças, nos lares, nas instituições, nas igrejas, ao ar livre e tantos outros. São também vários os Projetos Especiais para chegar diretamente aos pequenos.

Conheça um pouco mais sobre o Programa de Ministérios e Projetos da APEC acessando DEPARTAMENTO DE MINISTÉRIOS.

Nos dias 28 de novembro a 02 de dezembro a APEC realizará o seu 18º Congresso Nacional, com o seguinte tema:

As inscrições já estão abertas e as informações sobre os temas e como inscrever-se podem ser acessadas no SITE DO CONGRESSO.


Seja um AMIGO DA APEC INTERCESSOR: Ore conosco para que Deus levante um grande exército de homens e mulheres dispostos a arregaçar as mangas e sair pelas ruas, vilas, povoados, comunidades, cidades em todo o mundo para mostrar as crianças o evangelho, para que todas saibam que “Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras” (1 Coríntios 15:3,4), e para que creiam nEle e O recebam como seu Senhor e Salvador, descobrindo que “Todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no nome”(João 1:12).

Seja também um AMIGO DA APEC CONTRIBUINTE: Você, sua igreja e sua organização pode enviar uma oferta de amor para a APEC. Sua oferta, em favor da APEC, expressando gratidão a Deus pelos 70 anos e apoiando a continuidade de sua missão pode ser depositada, em nome da Aliança Pró Evangelização das Crianças (CNPJ 60.999.174/0001-31), num dos bancos abaixo:

Bco Brasil: ag. 1815-5 – cc. 14844-X

Bradesco: ag. 0475-8 -cc. 8684-3

Itaú: ag. 0368 – cc. 17874-5

CEF: ag. 0235 – cc. 003.2028-4

Valores sugeridos: ( )10,00 ( )20,00 ( )50,00 ( )70,00 ( )100,00      ( )outro valor conforme Deus inclinar o seu coração.

Envie a informação do depósito para: superintendencia.apec@apec.com.br

Para conhecer mais acesse : AMIGOS DA APEC

Lembre-se que missões são feitas pelos pés dos que vão, pelos joelhos dos que oram e pelas mãos dos que contribuem. 

Aliança Pró Evangelização das Crianças

Rua Tenente Gomes Ribeiro, 216

Vila Clementino – São Paulo – SP

Cep 04038-040

Telefone: (11) 5089-6633


A CONDIÇÃO ESPIRITUAL DA CRIANÇA

Você saberia dizer qual é a condição espiritual de sua criança?

Examinando a Palavra de Deus, chega-se à conclusão que a criança pode estar em apenas duas condições, espiritualmente falando: perdida ou salva.
Analise primeiramente a condição de perdida:

1) Salmo 51:5 – Uma natureza pecaminosa

Todos são pecadores por nascimento.
Toda a raça humana descende diretamente de Adão, que traz dentro de si a natureza pecaminosa.
Só houve um que nasceu sem pecado, o Senhor Jesus, gerado no ventre virgem de Maria pelo próprio Espírito Santo de Deus.

2) Salmo 58:3 – Um procedimento errado

Por causa da raiz, o fruto não pode ser outro.
A criança não é um “anjinho” como muitos querem acreditar.
A criança é um “adãozinho”.
Todos são testemunhas quão difícil é para a criança aprender o certo, enquanto o mal e o errado são facilmente, por ela, assimilados.

3) Mateus 18:14 – Um destino infeliz

É preciso encarar os fatos como eles são: haverá crianças na perdição eterna.
É preciso deixar certos conceitos românticos em relação às crianças.
Este texto está no contexto do pastor que sai a procura da ovelha perdida.
Deveria ser forte a preocupação de sair ao encontro das crianças que estão perdidas e conduzi-las à salvação em Cristo.

Analise também textos que apresentam a criança na condição de salva:

4) Mateus 18:6 – A criança pode crer

É preciso notar a expressão usada pelo Senhor Jesus: “um destes pequeninos que crêem em mim”.
A criança que estava no meio dos discípulos, quando Jesus lhes ensinava lições tão significativas, era uma criança pequena, mas era um pequenino crente.
Jesus mesmo disse: crê em mim.
Uma criança pode crer para sua salvação.
A palavra usada aqui é a mesma de João 3:16 e Atos 16:31.

5) Efésios 1:1 e 6:1 – A criança pode crescer no Senhor

Entre os crentes, santos e fiéis, de Eféso, incluíam-se as crianças, que recebem também a recomendação do apóstolo Paulo, para obedecerem aos seus pais.
Todo o ensino espiritual só pode ser assimilado por aqueles que já conhecem ao Senhor. Uma criança salva pode receber orientação para o seu crescimento espiritual.

6) I Samuel 3:10 – A criança pode servir ao Senhor

Uma criança pode perfeitamente servir ao Senhor.
Os três alvos no ministério com as crianças são: salvação, crescimento e serviço.
Levar a criança à salvação em Cristo, ajudá-la no seu crescimento espiritual e envolvê-la no serviço do Senhor.
Na verdade, uma criança salva, representa uma vida toda disponível para servir ao Senhor.
A evangelização das crianças é uma questão de obediência às ordens tão claras do Senhor. Devemos trabalhar conforme as instruções deixadas pelo Senhor em Sua Palavra.
As crianças deixarão sua condição de perdidas ao receberem a Cristo como Seu Salvador Pessoal e passarão para a condição de crianças salvas.
Não só para toda a eternidade, como também, serão úteis para o serviço do Senhor.

Veja como participar do próximo Congresso da APEC, a ser realizado nos dias 01 a 05 de agosto de 2011.
O tema é: CRIANÇAS DO BRASIL PARA DEUS- ESTE É O DESAFIO!
Serão 10 seminários, 7 Oficinas, 3 Devocionais e 5 Plenárias.
Assuntos e preletores imperdíveis.

2011 JÁ CHEGOU! OS TEMPOS SÃO DIFÍCEIS

I)                    OS TEMPOS SÃO DIFÍCEIS – HÁ UM MODELO, UM LIVRO E UM MINISTÉRIO!

Todos querem ouvir boas notícias, bons prognósticos, votos de felicidade e de prosperidade e que tudo será bem melhor, no entanto, sejamos bem sinceros, tudo vai ficando cada vez pior e a pura realidade para ser constatada neste início de ano é que não haverá melhora, pelo contrário, as condições gerais ficarão mais difíceis.

O Senhor Jesus Cristo deixou tudo muito bem explicado, conversando com os discípulos sobre os tempos finais, conforme Mateus 24, alertando para:

1) o perigo do engano que chegaria através aqueles que viriam em seu nome;

2) o aumento das guerras e rumores de guerras;

3) os relacionamentos odiosos, traidores, escandalosos;

4) a multiplicação da iniqüidade e

5) o esfriamento do amor de quase todos.

O apóstolo Paulo também, em sua última carta, escreveu as seguintes palavras:

“Sabe, porém, isto: nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis, pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres do que amigos de Deus, tendo forma de piedade, negando-lhe, entretanto o poder” (2 Timóteo 3:1-5).

O ano de 2011 está dentro deste quadro do aumento da maldade, da violência, da rebelião, da injustiça, da desintegração familiar, da imoralidade, enfim, precisamos saber que os dias serão difíceis.

Iremos desesperar? De maneira nenhuma. Para uma época assim é que o Senhor nos convoca e os conselhos de Paulo dados a Timóteo são os conselhos que devemos atender:

1) Seguir o ensino, o procedimento, o propósito, a fé, a longanimidade, o amor, a perseverança e ainda as perseguições e sofrimentos, que foram marcas em Paulo, que de maneira tão inspiradora também disse estas palavras: “Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo” (I Coríntios 11:1). Há um modelo que devemos seguir e imitar se queremos ser piedosos.

2) Permanecer alicerçado na Escritura Sagrada que é inspirada por Deus e útil para ensinar, repreender, corrigir e treinar na justiça, tornando os servos de Deus perfeitamente habilitados para o serviço que glorifica ao Senhor. Há um livro que devemos ler, guardar e obedecer se queremos ser sábios.

3) Pregar a palavra, fazendo o trabalho de um evangelista, em qualquer lugar, a qualquer tempo, sem olhar para as circunstâncias e as aflições, porque todos só querem falar e ouvir o que lhes agrada e se recusam ouvir a verdade. Há um ministério que devemos cumprir de forma corajosa e zelosa se queremos ser fiéis.

II)                  AS OPORTUNIDADES NÃO CESSARAM – HÁ UMA JANELA A SER CONSIDERADA!

Não sei até que ponto você está comprometido com o Senhor e a obra missionária. A APEC, Aliança Pró Evangelização das Crianças é uma missão. A APEC não é um curso. A APEC não é uma livraria. A APEC não é uma empresa. A APEC é uma obra missionária, uma das obras missionárias mais relevantes que podem existir – ganhar as crianças para Cristo!

A APEC é uma missão que trabalha exclusivamente na janela 4 x 14. Talvez você nunca tenha ouvido falar desta janela 4 x 14. Quando se fala em Missões, é comum pensar na janela 10 x 40. A janela 10 x 40 é uma janela geográfica e abrange aquela região do mundo onde prevalece o islamismo, o budismo, o lamaismo, o animismo, enfim, onde não existe a presença significativa de cristãos. Há um esforço muito grande das agências missionárias para alcançarem esta região do mundo.

A janela 4 x 14 é uma janela de faixa etária. George Barna o fundador e presidente de uma organização especializada em fazer pesquisas para igrejas e organizações cristãs sem fins lucrativos, constatou que a maioria dos que recebem a Cristo o fazem antes dos 13 anos de idade e que estes são mais comprometidos absolutamente com Jesus Cristo do que qualquer outro grupo de pessoas.

Podemos afirmar que, em cada 100 cristãos hoje, quando perguntamos com que idade eles receberam a Cristo como Senhor e Salvador, chegaremos ao seguinte quadro: 4% após os 30 anos; 10% dos 15 aos 30 anos; 85% dos 4 aos 14 anos e 1% antes dos 4 anos de idade. Sim, há pessoas que recebem a Cristo como Senhor e Salvador antes dos 4 anos de idade. Esta conversa que é só depois dos 13 anos que uma pessoa pode receber a Cristo como seu Senhor e Salvador é uma das maiores mentiras do diabo. Quanto mais a idade avança, mais difícil vai ficando a conversão. Se uma pessoa não receber a Cristo como seu Senhor e Salvador até aos 14 anos de idade ficará cada vez mais longe de sua eterna salvação.

Lembra da palavra de Jesus aos seus discípulos: “Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus” (Mateus 18: 3). Não é a criança que tem de se tornar adulta para ser um cristão, pelo contrário, é o adulto que tem de tornar-se como uma criança.

Sabemos que a obra da conversão é uma obra do Espírito Santo. Ele é quem convence do pecado da justiça e do juízo, seja uma criança de 5 anos seja um ancião de 75 anos. Mas as estatísticas demonstram que isto tem acontecido muito mais naqueles que estão nesta janela 4 x 14.

O desafio missionário da janela 4 x 14 é imenso. Trata-se de 60% da população mundial. Só no Brasil são mais de 50 milhões. Trata-se de um grande desafio para aqueles que estão comprometidos em fazer a vontade de Deus.

Quantos da janela 4 x 14, de fato, estamos ganhando para Cristo em nossos bairros? Será que temos sequer a visão deste imenso campo missionário que está bem diante de nossos olhos? É deveras lamentável que tão poucos esforços são empreendidos para se alcançar as crianças.

As igrejas evangélicas, em sua grande maioria, não realizam um trabalho continuo de evangelização das crianças fora das quatro paredes do templo. Não se preocupam em alcançá-las. Milhares e milhares, na verdade milhões estão entrando nos anos de sua juventude e idade adulta e nunca ouviram a mensagem do evangelho. Na fase da vida quando estariam mais predispostas para ouvir de Cristo e recebê-lo como Senhor e Salvador, estão sendo negligenciados.

Como reverter isto? Como mudar a visão? Como ir a busca da nova geração que está chegando? Precisamos de um exército de missionários para a janela 4 x 14. Precisamos de um exército de evangelistas de crianças.

Onde achá-los? Seria você, que neste momento lê este artigo?

Você, que sabe que os dias são difíceis mas que tem a convicção que o Senhor ainda quer usá-lo, quer vê-lo seguindo o modelo dos que andam piedosamente em Cristo; quer vê-lo firme e  desenvolvendo-se em sua Palavra e quer vê-lo fazendo a obra de um evangelista – um evangelista de crianças

III)              AS CRIANÇAS NOS AGUARDAM – HÁ UM PROGRAMA A SER DESENVOLVIDO!

A mensagem a ser pregada é uma só: arrependimento para remissão de pecados e a fé em Cristo. Esta é a mensagem para ser anunciada.

Muita gente quer falar de futebol, de ecologia, de política, de responsabilidade social, de cidadania, de engajamento, de psicologia, de prosperidade, etc, etc. Tudo isto está fora do programa. Cura, bem estar, conseguir um bom emprego, conseguir um carro novo, uma nova casa, ser cabeça e não cauda, determinar o que se quer para se ficar bem e por cima de todos. Tudo isto está fora do programa.

Recentemente, numa igreja em São Paulo, ouvi o pregador ler o relato do primeiro milagre realizado por Jesus, a transformação da água em vinho, para depois dizer que Jesus faria um milagre em todos os que estivessem ali naquela reunião, transformando os problemas em grandes bênçãos, a escassez em grande abundância, etc, desde que cada um colocasse num envelope o dinheiro solicitado.

Este dinheiro no envelope e entregue ao pastor, seria a água colocada no vaso. Depois, o Senhor faria o milagre e abençoaria cada um abundantemente. Daria o melhor vinho. O pregador que trouxe esta mensagem e todos quantos fazem este tipo de pregação são enganadores e patifes. Esta é a verdade.

Deveríamos após as mensagens que ouvimos fazer a seguinte pergunta aos pregadores: Escuta aqui, você pode me dizer por que não pregou o evangelho? Por que você não prega o arrependimento para remissão de pecados e a fé em Cristo?

A APEC vai realizar em seus campos de atividade no Brasil, o TIMI – Treinamento Informal para o Ministério Infantil, capacitando pessoas que desejam realizar um Programa Semanal com as crianças, nas escolas, nas creches, nas igrejas, nos lares, nas reuniões onde as crianças se encontram regularmente a cada semana.

As lições que serão compartilhadas com os professores e estes depois contarão às crianças vão mostrar a Pessoa de Deus. Venha participar. Veja no site da APEC qual o endereço mais próximo de você: http://www.apecbr.com

O programa pode ser desenvolvido nos lares cristãos. Faça uma pesquisa entre as famílias de sua igreja para saber quais poderiam abrir as portas para que as crianças ouvissem a mensagem, uma vez por semana. A mensagem é uma só, você já sabe.

O programa vai incluir memorização de um versículo bíblico, cânticos e uma linda história da Bíblia, bem contada.

Escolha um nome para este programa. Que tal: Classe de Boas Novas? Ou Clube das Boas Novas? Ou ….? Que nome você daria para este tipo de programa? Eu gostaria muito de saber, e muito melhor, gostaria que você começasse este tipo de trabalho. Seja um evangelista de crianças!

Se não puder numa casa, que tal procurar uma escola ou uma creche, ou até sair pelas ruas para entregar folhetos às crianças, ou até, reuni-las, embaixo de uma árvore, num campinho de futebol, ou noutro lugar ao ar livre e pregar-lhes a mensagem?

“Prega a palavra, insta, quer seja oportuno, quer não…”, é esta a recomendação em 2 Timóteo 4:2.

Sim, nestes dias difíceis, Deus tem uma grande obra a realizar.

Há muitos, e de maneira especial, crianças, que ainda escaparão do juízo e da condenação eterna, porque ouvirão do amor de Deus, através de homens que seguem O Modelo, obedecem Ao Livro e cumprem O Ministério.

Sim, 2011 já chegou! Será um ano difícil! Mas será também um ano de muitos frutos, para a glória de Deus!

Teremos conosco, enquanto estamos indo e fazendo discípulos entre as crianças, aquele que prometeu “E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século”.

Desta maneira, desejamos para você um abençoado Ano Novo!

Nada mais precisamos para 2011.

Basta-nos a presença d’Ele!

 

Gilberto Celeti

apec.brasil.70anos@gmail.com

superintendência.apec@apec.com.br