CRIANÇA – UM TEMA DE ESTADISTA

O futuro me preocupa porque é onde penso passar o resto de minha vida” (Woody Allen).

No dia 01 de janeiro tem início, no Brasil, um governo com a duração de 4 (quatro anos). Qual o futuro para o Brasil?

Há alguns anos atrás Pedro Malan, que foi ministro da Fazendo do governo FHC, escreveu: “O importante é que o foco não seja no passado, no último governo ou nos últimos 500 anos, mas no futuro. E o que é o futuro de um país, deste ou de qualquer outro, senão o futuro de suas crianças?”.

E para concluir, escreveu: “Este deveria ser o grande tema, o foco central de um programa de investimentos voltado para um futuro melhor. Um tema de estadista. Um tema ao qual o Brasil ainda não dedicou a atenção concentrada que seu desenvolvimento econômico e social exige”.

A frase logo tomou conta de minha mente e coração: CRIANÇA – UM TEMA DE ESTADISTA.

Quando a criança será devidamente considerada?

I) INVESTIMENTO NA CRIANÇA – PÍFIO.

Lamentavelmente, a mesma falta de consideração com a criança se observa em muitas famílias e também em muitas igrejas evangélicas, onde o investimento na evangelização e no discipulado das crianças é nulo.

É urgente que pais, líderes, pastores e professores possam dedicar a sua atenção, pelo menos um pouco que seja, para o desenvolvimento moral, intelectual, emocional e espiritual de suas crianças.

O período da infância passa muito rápido. Hoje há um desgaste tão grande na resolução de conflitos que surgem na fase da adolescência. Ah! Se todos tivessem pensado antes, e preparassem as crianças para chegarem bem nesta etapa de suas vidas.

Quando será levado a sério o texto sagrado: “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele” (Provérbios 22:6)?

Quando será obedecida a ordem de contar “à vindoura geração os louvores do Senhor, e o seu poder, e as maravilhas que fez” (Salmo 78:4b)?

Quando se atenderá a repreensão de Jesus: “Deixai vir a mim os pequeninos, não os embaraceis, porque dos tais é o reino de Deus” (Marcos 10:14)?

Infelizmente, não se ensina à criança O caminho; não se conta a ela sobre a grandeza de Deus, o Seu poder e as Suas maravilhas; não se deixa a criança vir a Cristo.

O resultado? Uma geração rebelde, teimosa, infiel a Deus e descrente vai sendo formada.

Quando a criança será devidamente considerada?

II) QUAL É O LUGAR DA CRIANÇA?

O novo governo está aí. Qual é o lugar da criança? Estejamos atentos a isto. Que saibamos analisar até que ponto as propostas alcançarão as crianças, afetando assim o futuro.

Chamo a sua atenção para a leitura de um artigo muito interessante que mostra como as opiniões políticas e sociais interferem na formação da família e muitas vezes até as arruinam: A EXISTÊNCIA DA FAMÍLIA

E em nossas igrejas? Qual é o lugar da criança? Há preocupação com o ensino das verdades bíblicas? Da cosmovisão bíblica? Do conteúdo autêntico do evangelho?

Aqueles que estão envolvidos no trabalho com as crianças têm de fato um compromisso com o Senhor? Têm de fato a convicção de que foram convocados para este trabalho como “pastores” dos cordeirinhos e não apenas que estão pajeando as crianças? Jesus perguntou a Pedro: “…amas-me?” então: “Apascenta os meus cordeiros”. (João 21:15).

Será que os métodos e os materiais que estão sendo utilizados, conduzem de fato a criança a reconhecer o seu problema de pecado, a salvação em Cristo Jesus, o novo nascimento, pela fé no Salvador?

Estejamos atentos para verificar que uma criança ganha para Cristo representa uma vida salva para toda a eternidade e que dispõe de toda sua vida para servir e amar ao Senhor e para fazer diferença neste mundo que jaz no maligno.

III) QUANDO A CRIANÇA SERÁ DEVIDAMENTE CONSIDERADA?

Em todo o Brasil a APEC – Aliança Pró Evangelização das Crianças está se posicionando para capacitar aqueles que desejam investir na formação de uma nova geração.

Dois programas principais de treinamento serão desenvolvidos:

1) O CEDIC – Curso de Evangelismo e Discipulado de Crianças – duas vezes por semana, durante todo o ano letivo.

2) O TIMI – Treinamento Informal para o Ministério Infantil – uma vez por semana, durante todo o ano letivo.

Veja no site da APEC (www.apecbr.com) os endereços da APEC em todo o Brasil e entre em contato para receber mais informações sobre estes Programas.

Pais, professores, pastores, políticos, pensem no futuro. Pensem nas crianças! Pensem naqueles que precisam ser preparados para serem os futuros estadistas!

 

Gilberto Celeti

apec.brasil.70anos@gmail.com

superintendência.apec@apec.com.br

Publicado por

apecbrasil

A APEC - Aliança Pró Evangelização das Crianças... ... foi fundada em 1937, nos Estados Unidos da América, pelo Rev. Jesse Irvin Overholtzer, um homem a quem Deus deu a visão dos meninos e meninas que precisavam do Salvador. O trabalho da APEC está estabelecido no Brasil desde 1941 e é autônomo em relação à Sede Internacional, possuindo direção, expansão e sustento nacionais. O Brasil foi o primeiro país a ter a obra missionária da APEC. A proposta hoje é a mesma do fundador. A APEC é uma obra de fé, fundamentada na Bíblia, formada por crentes nascidos de novo, que visa evangelizar crianças apresentando-lhes o Evangelho do Senhor Jesus Cristo, discipulá-las na Palavra de Deus e encaminhá-las a uma igreja evangélica onde possam crescer em sua vida cristã. Um ministério que se preocupa com as crianças de todo o mundo.

5 opiniões sobre “CRIANÇA – UM TEMA DE ESTADISTA”

  1. estou começando a levar crianças a Cristo, e preciso de dicas, como levar a palavra do Senhor e seu grande amor por elas, estou na fase de procuras de meios de como fazer-lo. shalom

  2. Bom dia,gostei muito do teu blog,já estou te seguindo,te encontrei através de uma amiga,feliz 2011,que papai do céu te ilumine cada dia mais com mensagens abençoadas,sempre que puder estarei por aqui,tenho um blog gostaria de ti convidar me seguir o endereço é:http://SNSDEUS.BLOGSPOT.COM/post teu comentario vai ser de grande benção não só pr mim,mas também pr leitores do blog,tenha um final de semana com toda sorte de benção fica com Deus!

  3. Olá meu querido Missionário, Gilberto Graça e Paz.Foi com bastante alegria que eu encontrei seu Blog é uma benção e edificante. Como sempre falo: Aprendendo uns com os outros crescemos na graça e no conhecimento. Aproveito a oportunidade para compartilhar o nosso BlogMensagem Edificante para Almahttp://josiel-dias.blogspot.comFicaremos felizes por vossa visita e mais ainda se nos seguir-nos.Fique na Paz.Josiel DiasRio de Janeiro

  4. Iabella, agradeço o seu comentário. A situação é na verdade trágica e a desesperança quase chega a tomar conta de nosso coração. Creio que precisamos de um ministério como o que foi falado pelo anjo Gabriel ao anunciar o nascimento de João Batista ao seu pai Zacarias (em Lucas 1): que ele teria entre outras atribuições o ministério de "converter o coração dos pais aos filhos".Precisa ser interrompida esta atitude de "terceirizar" a criaçao dos filhos que está acontecendo nas famílias.Precisa acabar nas igrejas em geral, a idéia e a ação de usar as crianças apenas como "isca" para atrair os peixes grandes que são os seus pais.Precisa acontecer uma revolução na estado brasileiro em favor da educação, com educadores que saibam pensar e que ensinem as crianças a pensar.Isabella, vamos continuiar lutando em favor das crianças, usando a nossa voz em favor delas que não têm voz.As crianças, quando conhecem a Jesus Cristo e o recebem como Seu Senhor e Salvador, têm a sua vida e a sua mente transformada para serem instrumnetos de bênçãos numa sociedade corrompida.Vamos continuar em 2011 alcançando as crianças para Jesus, apesar de toda oposição.Um abençoado ano novo para você.

  5. REALMENTE AS CRIANÇAS NÃO SÃO COLOCADAS COMO FOCO…NEM NO ESTADO, NEM NA IGREJA E NEM EM CASA…. É TRISTE VER COMO NA IGREJA O MINISTÉRIO INFANTIL NA MAIORIA DAS VEZES SÓ EXISTE PRA TIRAR A CRIANÇA DO CULTO PARA NÃO ATRAPALHAR OS PAIS, AO INVÉS DE SER UM LUGAR IMPORTANTE ONDE ENSINARÁ CRISTO E SEUS VALORES DESDE A INFÂNCIA.E EM CASA TB, OS PAIS NÃO SE PREOCUPAM MAIS EM LEVAR UMA VIDA PENSANDO EM ENSINAR O BEM E OS VALORES DEVIDOS AS CRIANÇAS, MAS SIMPLESMENTE AS JOGAM EM FRENTE DE UM TV PARA QUE OUTROS OS ENSINEM E OS ENSINEM ERRADO…TEMOS QUE VALORIZAR NOSSAS CRIANÇAS, POIS COMO JESUS MESMO DISSE, DEVEMOS DEIXAR ESSES PEQUENINOS IREM ATÉ ELE E NÃO IMPEDIR!aBRAÇOS!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s