A CRIANÇA NUMA SOCIEDADE DECADENTE – 10 (continuação da postagem do dia 27 de julho)

A RESTAURAÇÃO PROCEDE DO SENHOR

1) NÃO HÁ VERDADE (postagem dia 09 de junho)
2) NÃO HÁ AMOR (postagem dia 22 de junho)
3) NÃO HÁ CONHECIMENTO DE DEUS (postagem dia 05 de julho)
4) PREVALECE A VIOLÊNCIA (postagem do dia 11 de julho)
5) LIDERANÇA IRRESPONSÁVEL (postagem do dia 27 de julho)
A RESTAURAÇÃO PROCEDE DO SENHOR
“A tua ruína, ó Israel, vem de ti, e só de mim, o teu socorro” Oséias 13:9. No meio de toda a apostasia, há possibilidade de socorro, o socorro que vem do Senhor, e que deve ser acompanhado do sentimento que a ruína vem do próprio coração enganoso do homem.
O Senhor pode levantar as crianças que são afetadas no seio de uma sociedade decadente, quando estas reconhecem que também, pelo seu próprio pecado, foram levadas à uma situação de degradação. As crianças precisam reconhecer o seu estado e, então, podem ser ajudadas, socorridas.
l) CRIANÇAS ABUSADAS – Em todas as camadas sociais encontramos crianças que sofreram abuso físico, emocional e sexual. Há estatísticas que mostram que a maioria das pessoas que abusam de crianças e que se encontram nas prisões e na prostituição, foram abusadas na infância.
A criança que passou por esta experiência deve ser levada a:
1- reconhecer o problema, sabendo que foi uma experiência amarga, que a leva a desconfiar de tudo e de todos, uma vez que foi desiludida pela própria família.
2 – arrepender-se dos sentimentos negativos que tem contra si mesma e também contra os que a magoaram.
3 – perdoar a pessoa que lhe causou dano, embora nunca se possa esquecer o que aconteceu. O perdão restaura os sentimentos e elimina a raiz de amargura, que tanto perturba.
4 – restabelecer, na medida do que for possível, um relacionamento correto com a pessoa que ofendeu com o seu abuso.
2) FILHOS DE PAIS DIVORCIADOS – Alguns anos atrás, a revista Veja trouxe como matéria de capa esta manchete: Os pais têm menos filhos e os filhos têm mais pais, mostrando como cresce o número de divórcios, levando as crianças a terem novos relacionamentos com os parceiros de seus pais.
O abalo emocional é muito profundo, levando a criança, muitas vezes a sentir-se culpada pelo que aconteceu com seus pais. O divórcio é uma perda imensa e impossível de ser preenchido por uma padrasto ou madrasta.
Podemos ajudar levando a criança a:
l – buscar um relacionamento de confiança com os pais, tanto o que tem a custódia como o outro.
2 – ter liberdade de compartilhar os seus sentimentos e pensamentos sabendo que ela será ouvida e compreendida e que pode confiar no seu conselheiro.
3 – confiar no Senhor, através da oração, para que Ele cure as feridas emocionais, conhecendo que é o Senhor quem pode levar todos as nossas ansiedades.
4 – orar pelo seu futuro cônjuge, sabendo que o Senhor tem um plano perfeito para todos os que nele esperam.
3 – CRIANÇAS ENVOLVIDAS COM O OCULTISMO – Livros e revistas sobre ocultismo, jogos dos mais variados, incluindo o RPG, filmes, música e tantas outras coisas, estão familiarizando as crianças com o ocultismo. Adivinhação, magia, encantamentos, astrologia, espiritismo e muito mais, fazem parte do dia a dia das crianças. Elas estão brincando com o ocultismo.
A Bíblia é clara em mostrar o repúdio do Senhor contra tudo isto, que é chamado de abominação.
A criança que se envolveu com estas práticas, precisa de ajuda para:
1 – reconhecer que tocou em algo que Deus considera maldito.
2 – confessar esta contaminação e experimentar o valor do precioso sangue de Cristo, que purifica de todo o pecado.
3 – renunciar tudo que tenha tido ligação com o ocultismo, desfazendo-se completamente .
4 – aprender a andar com Deus, agradecida pela preciosa salvação e libertação.
4) CRIANÇAS DROGADAS – Os traficantes procuram sempre novos clientes e cada vez aumenta mais o número de crianças já envolvidas com as drogas. Vários outros fatores contribuem para este aumento do consumo: o exemplo e as atitudes dos próprios pais; as condições sociais; a pressão da época atual, que causa medo, ansiedade, insegurança, decepção; a influência de amigos; etc.
Trata-se de um veneno que acaba controlando o corpo da pessoa, podendo ser considerado tanto como pecado como uma doença, que como tal, precisa ser tratada.
Não adianta fazer a criança prometer que vai parar, ameaçar, destruir ou esconder a droga ou até fazer pregações que levem a criança a ter sentimento de culpa. A melhor ajuda que se pode dar é:
1 – levar a criança a um local onde possa receber ajuda efetiva, sem criticar ou ofender, mostrando simpatia e aceitação para com ela e não para com o seu vício ou comportamento,
2 – afastar a criança da droga, que muitas vezes precisa de um acompanhamento médico, para desintoxicar.
3 – fornecer apoio, para que a criança reconstrua sua auto-estima; confie em Deus entregando sua vida a Ele; tenha disposição de aprender um novo estilo de vida e criando laços de amizade com um grupo de apoio, de preferência na igreja.
4 – não desanimar, caso haja alguma recaída, e insistir que a satisfação real e verdadeira só se obtém em Cristo Jesus.
Gilberto Celeti
(continua…)

Publicado por

apecbrasil

A APEC - Aliança Pró Evangelização das Crianças... ... foi fundada em 1937, nos Estados Unidos da América, pelo Rev. Jesse Irvin Overholtzer, um homem a quem Deus deu a visão dos meninos e meninas que precisavam do Salvador. O trabalho da APEC está estabelecido no Brasil desde 1941 e é autônomo em relação à Sede Internacional, possuindo direção, expansão e sustento nacionais. O Brasil foi o primeiro país a ter a obra missionária da APEC. A proposta hoje é a mesma do fundador. A APEC é uma obra de fé, fundamentada na Bíblia, formada por crentes nascidos de novo, que visa evangelizar crianças apresentando-lhes o Evangelho do Senhor Jesus Cristo, discipulá-las na Palavra de Deus e encaminhá-las a uma igreja evangélica onde possam crescer em sua vida cristã. Um ministério que se preocupa com as crianças de todo o mundo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s